A primeira vitória dos B's

Posted on domingo, agosto 19, 2012 by nçaz.

Foto retirada do facebook de Mística Encarnada


O resultado de 4-2 diante do Feirense era tudo menos previsível. Houve muita raça, muito querer e muita ambição esta manhã em Santa Maria da Feira. Uma equipa formada a partir do zero como o Benfica B, que tem como objectivo a manutenção na Segunda Liga, que vence à partida um dos candidatos à subida de divisão, só pode ser encarado como um resultado extremamente positivo. Não estava, sequer, há espera de uma vitória por parte dos nossos "jovens" e, mesmo um empate em Marcolino de Castro, deveria ser encarado como um óptimo resultado.


Onze inicial lançado por Norton de Matos

Foi uma exibição de encher o olho por parte da formação liderada por Norton de Matos, de que qualquer benfiquista se pode orgulhar. Há "miúdos" que dão tudo em campo, com vontade de trabalhar, vencer e evoluir. São três pontos importantes conquistados num terreno complicado e que dá uma enorme confiança para as próximas 40 jornadas. Passemos para as notas ...


Notas:

Mika - Seguro entre os postes e nas bolas pelo ar. Não tem culpa em nenhum dos golos sofridos e teve uma ou duas defesas de bom nível. Titular absoluto nesta equipa.

Jardel - Apresentou-se ao lado de Fábio Cardoso e foi uma autêntica muralha. Bem nas dobras do lado esquerdo, forte na antecipação e mostrou em campo o porquê de merecer ser opção válida no plantel de Jorge Jesus. A sua experiência foi bastante importante em campo, principalmente quando a defesa é composta por jovens jogadores com grande talento mas ainda inexperientes. Foi, a par de Miguel Rosa, a melhor unidade encarnada em campo.

Fábio Cardoso - Acabou por ser expulso em cima do minuto 90 não sabe-se bem porquê. Se por protestos ou por "falta" sobre Pires - note-se que falta está entre aspas. A verdade é que no lance em que foi expulso fez dois excelentes cortes numa saída para o ataque da formação adversária. Esteve seguro e igualmente bem nas dobras do lado direito. Um ou outro erro mas nada de relevante. Falta-lhe experiência, tal como muitos outros jogadores oriundos da CFC. Porém, será ao longo desta temporada que ganhará a tal experiência e determinada "manha" perante adversários experientes.

João Cancelo - A pujança ofensiva de que é portador é impressionante para um rapaz de somente 18 anos e, juntando a sua boa qualidade técnica, fazem dele um lateral bastante promissor. A maneira como aguenta um encontro inteiro sempre ao mesmo nível é incrível. Contudo, defensivamente é onde tem claramente de melhorar. Falta-lhe agressividade, tem muitas dificuldades no um para um e tacticamente não é perfeito. Ofensivamente é talvez o melhor lateral destro da Segunda Liga mas peca bastante defensivamente. Como já referi, tem apenas 18 anos de idade, está no último ano de júniores e tem uma longa margem de progressão, o que me faz acreditar que, colmatando as suas lacunas, tem tudo para ser o futuro lateral direito do Sport Lisboa e Benfica.

Carole - Facilidade em incorporar-se no ataque e na defesa raras foram as vezes que falhou. Fechou bem em zonas interiores e o destaque menos positivo foi a forma atabalhoada como quis se livrar da bola que originou o segundo golo do Feirense. Boa exibição e é actualmente o melhor defesa-esquerdo que o Benfica tem nos seus quadros.

Primeira parte de André Gomes - Pouco acompanho os júniores do nosso clube e foi a primeira vez que vi o André jogar. Bastaram os primeiros 45 minutos para me render ao seu enorme talento. Não é um jogador de grandes correrias e só carrega no acelerador quando acha necessário. Protege bem a bola, portador de uma boa visão de jogo, boa qualidade de passe e com toque de bola refinado. Falta-lhe, todavia, intensidade. Primeira parte de grande nível; na segunda desligou completamente. Acabou por ser substituído por Leandro Pimenta à passagem do minuto 75.

Miguel Rosa - É difícil não se gostar do Miguel, nem que seja só pelo benfiquismo que transpira. Jogou com extremo esquerdo e foi considerado o melhor em campo. Foi o principal impulsionador do ataque, sempre em alta rotação e foi responsável pela expulsão do lateral direito da equipa de Santa Maria da Feira, que viu dois amarelos em menos de 5 minutos. Joga, faz jogar e marcou um belo golo depois de tirar dois oponentes do caminho. Demasiado talento para uma Segunda Divisão. É capitão desta equipa e percebe-se bem porquê. Coloca tudo em campo e joga com o coração. É Raça, é Querer, é Ambição. Eis Miguel Rosa no seu estado mais puro.

Ivan Cavaleiro - Muito forte no um para um, boa qualidade técnica. fez do defesa adversário um jogador banal, tais foram as vezes que conseguiu com sucesso passar pelo seu oponente. Fez dois golos e apareceu nos momentos decisivos. Não foi uma exibição de encher o olho mas esteve igualmente bem como a maior parte dos nossos jogadores.

Cláudio Correa - Bastante esforçado e bom poder de desmarcação, todavia, não me parece ser jogador para actuar num esquema de somente um ponta-de-lança. Acabou por ser um esforço inglório da sua parte. E só para finalizar, o rapaz chama-se Correa e não Correia como os comentadores lhe teimam em chamar. Não existe nenhum 'i' no seu apelido.

Djaniny - Entrou para substituir Cláudio Correa e saiu pouco depois. Entrou, marcou e saiu. João Mário entrou para o seu lugar depois de ter batido com a perna violentamente no poste. Quanto a mim, só lhe posso desejar as melhoras e que recupere rápido de modo a que esteja presente no embate diante da Naval 1º de Maio já na quarta-feira.

P.S. - A ficha de jogo pode ser vista aqui.

4 Response to "A primeira vitória dos B's"

.
Anónimo Says....

Queria chamar a atenção para a ridícula arbitragem do "carequinha" de Braga que até o Benfica B prejudica. Com o Benfica a ganhar e a controlar o jogo há uma entrada a pés juntos ao André Gomes no meio campo do Feirense. Fica toda a gente à espera da falta mas o "habilidoso" manda seguir o jogo e chega o empate. Já na 2ª parte é tirado um fora de jogo inexistente ao Correa que seguia isolado para a baliza para fazer, provavelmente, o 1-3. Já com 1-3 novo fora de jogo inexistente ao João Mário. Mas faltava a cerja no topo do bolo. Após um amarelo forçado Fabio Cardoso consegue tirar a bola a 2 adversários que ficam caídos pelo contacto nos cortes do miúdo. Como os cortes foram limpos, embora aparatosos, o "crack" manda seguir o jogo até à proximidade da área do Feirense resolvendo então interromper o jogo para assistência aos jogadores daquele clube mostrando então 2º amarelo ao Fábio!!! Para "treino anti-Benfica" digamos que não foi nada mau...

.
bino Says....

Eu eu muito me engano ou o jesus já está a preparar o substituto do Luisão pois reparem quem foi rudar nos B, Miguel Vitor já foste não tens altura suficiente e és portuga.

.
Krak Says....

Boa analise.

No entanto ha um ponto que discordo completamente.
Carole foi sem dúvida o elemento menos da defesa e o que mais errou.
Não me parece que algum dia tenha estaleca para a equipa principal

.
Trimble Says....

krak,

O Carole não esteve assim tão mal. Fez uma boa exibição, q.b. , apesar de ter havido outros jogadores que se destacaram mais. Quanto à parte de poder vir a integrar o plantel principal é outra questão. Para já é o melhor defesa-esquerdo que temos, porém, não significa que tenha qualidade para jogar na AA. Possa ser que a Equipa B lhe faça bem e, oxalá, que evolua. Mas não deixa de ser triste, num clube como o nosso, que o melhor defesa esquerdo que tenhamos seja o Carole.

Anónimo e bino, obrigado pelos comentários. É bom ver que, apesar da nossa longa ausência, existe pessoas que ainda nos lêem.

Um abraço a todos

Leave A Reply