Jornada dos Emprestados - Janeiro 2012

Posted on domingo, fevereiro 05, 2012 by nçaz.

Tal como já tínhamos dito, a “Jornada dos Emprestados” passará a ser feita mensalmente. Seguindo em frente, vamos analisar um a um de forma geral e o mais correcta possível o desempenho dos nossos emprestados durante o mês de Janeiro.

Jan Oblak, ao serviço da União de Leiria
No que toca aos nossos GUARDA-REDES emprestados, Jan Oblak ganhou a titularidade na baliza da União de Leiria devido à lesão de Gottardi e desde então, Oblak realizou três jogos e sofreu 6 golos, arrancando elogios do seu treinador. Júlio César também beneficiou da lesão do habitual titular e realizou três partidas pelo Granada onde, curiosamente, sofreu o mesmo número de golos de Oblak. No campo das balizas temos uma novidade, o jovem Copetti contratado no mercado de Inverno foi emprestado ao União de Leiria e será concorrente de Oblak.

Lionel Carole, actualmente emprestado ao Sedan
Em relação aos nossos DEFESAS, o dinamarquês Daniel Wass nos dois jogos que o Evian fez no primeiro mês de 2012, foi titular numa partida e suplente utilizado noutra. Léo Kanu, emprestado ao Belenenses, tem sido utilizado como… ponta-de-lança. O brasileiro actuou 90 minutos como ponta-de-lança frente ao Leixões, em Matosinhos e no derby lisboeta, contra o Atlético, o central sul-americano foi novamente lançado por José Mota para a posição mais avançada do terreno. Frente aos rivais lisboetas, Kanu saiu perto do minuto 55 e foi suplente não utilizado diante do Penafiel. Como era de esperar, o resultado não colheu frutos e o defesa adaptado a ponta-de-lança rubricou exibições de baixo nível. Lionel Carole parece ter ganho a titularidade no Sedan e em Janeiro actuou durante 90 minutos frente ao Tours e Le Mans. Dois jogos em que a sua equipa não conquistou qualquer ponto. O lateral argentino Shaffer, desde a chegada de Cajuda ao comando técnico do Leiria, tem começado quase todos os jogos no banco. Em Janeiro, entrou já perto do apito final no encontro diante do Benfica e foi somente titular contra o Nacional da Madeira onde acabou por ser expulso ao minuto 80. O jovem central Sidnei tem apenas 5 minutos contabilizados, tendo entrado apenas nos instantes finais no jogo entre o Besiktas e Bursaspor. Fábio Faria foi transferido para o Rio Ave a título de empréstimo neste mercado de Inverno, depois de não se ter conseguido impor como indiscutível no Paços de Ferreira. Roderick não efectuou qualquer partida devido à paragem das competições na Suíça.

Miguel Rosa, a grande figura do Belenenses
No que diz respeito aos nossos MÉDIOS, não poderia começar sem o destaque a Miguel Rosa. Se o médio benfiquista já era a principal figura do Belenenses, então com as saídas de Fredy e Camará da formação de José Mota, os “holofotes” do Restelo estão inteiramente focados no dorsal 7. Rosa contribuiu e muito para a chegada do emblema lisboeta à 11ª posição da Liga Orangina, participando em todos os jogos como titular e marcando um golo. Outro português em destaque tem sido Carlos Martins que está de pedra e cal no 11 do Granada. O internacional luso apontou um golo frente ao Bétis, tendo sido fundamental no triunfo da sua equipa. O jovem formado no Benfica, Leandro Pimenta, tem sido preponderante no Atlético, participou nos 4 jogos da sua equipa e todos como titular. Nuno Coelho também continua com o lugar cativo no 11 do Beira-Mar, contudo, neste primeiro mês do ano a sua equipa não somou qualquer ponto para o campeonato. José Coelho, que tal como Pimenta está emprestado ao Atlético, continua sem somar minutos na equipa de Alcântara. Elvis, um dos muitos atletas cedidos à União de Leiria, tem sido titular no meio campo da turma leiriense, porém, tem acabado por ser sempre substituído nos segundos tempos. Jonathan Urreta que finalmente voltou a ter minutos depois da sua longa ausência devido a lesão, entrou ao minuto 70 no jogo que opunha o Vitória SC ao Nacional da Madeira e esteve, de certa forma, envolvido no penalty que ditou o triunfo dos vimaranenses. O jovem criativo David Simão rumou à Académica por empréstimo e foi apenas utilizado numa partida, entrando já no decorrer do encontro. Yartey, tal como o seu companheiro Roderick, esteve sem competir devido à paragem nas competições suíças. José Fernandéz também trocou de clube neste defeso tendo ido para o Godoy à procura de mais minutos de utilização. O nº 10 do Botafogo, Felipe Menezes, foi suplente utilizado em 2 jogos da sua equipa para o Campeonato Carioca. O trinco Airton só foi utilizado numa partida pelo Flamengo, sendo titular no jogo da Libertadores na surpreendente derrota da sua equipa frente ao Real Potosi da Bolívia. O jovem Fellipe Bastos foi titular e totalista nas duas partidas da sua equipa para o Campeonato Carioca e saiu vitorioso em ambas.

Alan Kardec, festeja golo ao serviço do Santos
Por fim, em relação aos nossos AVANÇADOS, Franco Jara tem alternado entre o banco de suplentes e a titularidade. No mês de Janeiro foi duas vezes titular e por uma vez suplente utilizado. Lorenzo Melgarejo, uma das grandes revelações da primeira liga portuguesa, continua como titular no Paços de Ferreira e nas 4 partidas que efectuou em Janeiro marcou 1 golo. Hélio Vaz, companheiro de Pimenta e Coelho no Atlético CP, teve mais minutos no mês que terminou recentemente, tendo sido, inclusive, titular no derby lisboeta, frente ao Belenenses e foi por duas vezes suplente utilizado. Djaniny, que irá integrar a equipa B para a próxima temporada mas que se mantém ao serviço do Leiria por empréstimo do Benfica, continua como titular tendo sido apenas substituído em dois encontros, no entanto, continua o seu jejum de golos. Recém-chegado ao nosso país e também já emprestado ao Leiria está Niklas Barkroth, o ponta-de-lança sueco que traz referências goleadoras do seu país e será interessante verificar se o comprova em Portugal. Alan Kardec foi o grande destaque do mês de Janeiro no Santos, titular nos 3 jogos do Campeonato Paulista que a sua equipa disputou, marcou 4 tentos contribuindo decisivamente para as 3 vitórias da formação de Vila de Belmiro. O brasileiro Eder Luis não tem sido utilizado no Vasco da Gama. Não conseguimos apurar se tem algum impedimento físico uma vez que costuma ser peça chave na equipa liderada por Ricardo Gomes. O uruguaio Rodrigo Mora que rumou ao Peñarol em busca de uma maior utilização, foi titular na única partida oficial da sua equipa. Jogo esse a contar para a Taça Libertadores, onde o avançado sul-americano fez assistência para um dos golos na goleada sobre o Caracas.

A rubrica que vos apresentamos da "Jornada dos Emprestados" foi efectuada em colaboração por Trimble e Krak.

2 Response to "Jornada dos Emprestados - Janeiro 2012"

.
red eagle Says....

O Miguel Rosa vem demonstrando que tem um excelente potencial.Porque não dar-lhe uma oportunidade no plantel? ou pelo menos empresta-lo a uma equipa da 1º liga....agora essa do Kanu a ponta de lança......sem comentários

Leave A Reply