Dia de brincadeiras

Posted on terça-feira, agosto 02, 2011 by nçaz.

Segundo o jornal OJOGO, o Benfica estava interessado em trocar com o Besiktas o ponta-de-lança Óscar Cardozo com Hugo Almeida. Se Luís Filipe Vieira só aceita negociar Tacuara por um valor acima dos 20/25 milhões de euros não tinha sentido nenhum trocar o jogador estrangeiro com mais golos na história do Sport Lisboa e Benfica por um atleta que é completamente inferior ao internacional paraguaio. Trocar o melhor ponta-de-lança dos últimos anos por um simples jogador da mesma posição e com muito menos qualidade que o paraguaio e que certamente nunca chegou a marcar mais de 20 golos numa época é puro gozo. Almeida em competições profissionais desde que iniciou a sua carreira marcou cerca de 91 golos em 290 jogos, marca essa que em apenas 4 anos de águia ao peito Cardozo bateu, apontando 100 tentos.




Noutro âmbito e ainda em relação à saída de Roberto, hoje de manhã deparei-me com algumas das suas palavras após a sua saída do clube: “Não me deram margem de erro”. Foram estas as palavras do ex-jogador benfiquista. Mais uma vez, só se pode tratar de uma brincadeira. Coisa que não faltou ao guardião espanhol foi margem de erro. Jesus insistiu várias vezes em permanecer com Roberto na baliza a titular mesmo quando as suas exibições não correspondiam. Roberto deixa assim a Luz pela porta pequena e sem deixar saudades completamente nenhumas aos adeptos.

1 Response to "Dia de brincadeiras"

.
João Oiveira Says....

Roberto criticou também a comunicação social portuguesa. Mas é claro que aí ninguém se deu ao trabalho de reproduzir as suas palavras.

Leave A Reply