Mentalidades de alguns benfiquistas

Posted on sábado, maio 28, 2011 by nçaz.


Os jogadores vão e vêm. É assim que os benfiquistas se têm que habituar, por mais que talentoso que o jogador seja. Contudo, há algumas excepções. Excepções essas que pensam que um ou dois jogadores ‘são o Benfica’. Já li opiniões de alguns benfiquistas que pensam que a próxima época sem Salvio e Coentrão será muito mais complicada e que dificilmente ganharemos mais que um título. Sinceramente não percebo isto por parte destes mesmos adeptos. Se são futebolistas de grande qualidade? São. Se vão fazer falta? Irão, caso não arranjemos alguém à altura para os substituir.

Por exemplo, os portistas têm a perfeita noção de que mais tarde ou mais cedo irão perder os seus jogadores de maior qualidade e não sentem ‘medo’ nem ficam a ‘chorar’ por verem partir esses mesmos jogadores. Se assim fosse, andariam sempre preocupados com a eventual saída do jogador x ou y e de certeza que não teriam o sucesso desportivo que têm. Sabem que os vão perder e preparam-se para colmatar as suas saídas contratando jogadores à altura do desafio. Quando saiu Deco, peça fundamental no puzzle de Mourinho, entrou Diego. Saiu Diego entrou Lucho. Saiu Lucho entrou Belluschi. É assim que as grandes equipas portuguesas têm que viver. Vender caro, comprar barato.

Posto isto, são algumas mentalidades de benfiquistas que me preocupa. Não devem nem podem pensar que é impossível encontrar um substituto à altura do Coentrão, do Salvio ou do Cardozo. Temos é de nos preocupar em encontrar substitutos à altura e não estar a pensar que será muito complicado ou mesmo impossível de encontrar um substituto de qualidade de modo a colmatar as saídas dos nossos melhores jogadores.

No Response to "Mentalidades de alguns benfiquistas"

Leave A Reply